Golfinho-Setentrional

Golfinho-Setentrional ou Lisogolfinho-Boreal

Nome Cientifico: Lissodelphis Borealis

Características: O Golfinho-setentrional é o único golfinho no Pacífico Norte que não tem barbatana dorsal; consequentemente, não é provável confundi-lo com qualquer outro cetáceo.

O espantoso padrão corporal preto e branco é também característico, apesar de na água o corpo parecer ser completamente preto. Contudo, como é provavelmente o cetáceo mais lustroso, e como viaja dando saltos suaves e baixos, poderia ser confundido com um leão-marinho ou com um lobo-marinho.

A aparência é muito semelhante à da sua contrapartida meridional, o golfinho do Peru, mas é ligeiramente mais comprido e em geral a área branca do corpo é menos extensa; não há sobreposição na área. O seu nome tem origem nas muito maiores baleia-franca e franca-austral, que também não têm barbatana dorsal.

Foram encontrados perto do Japão animais com pequenas variantes cromáticas que podem ser uma subespécie diferente. As crias são castanho-acinzentadas ou creme, desenvolvendo a coloração adulta durante o primeiro ano.

O Golfinho-setentrional associa-se frequentemente com Golfinhos-de-Risso e do Pacífico e com caldeirões, bem como com outras espécies.

Quando viaja depressa e aos saltos, a impressão geral é a de um movimento vigoroso; cada salto pode atingir 7 m de comprimento.

Assusta-se facilmente. Quando se escapa, o grupo reúne-se tipicamente numa formação cerrada, com muitos animais a saltar em simultâneo, e transformando com frequência a água circundante num mar de espuma.

Também pode nadar lentamente, causando pouca agitação na água e expondo-se pouco à superfície.  

Saltos, pancadas com a barriga e batimentos laterais e caudais são bastante comuns. Pode "acompanhar à proa", mas em geral evita as embarcações.

Saltitar

Quando um grupo de Golfinhos-setentrionais se assusta, ou está a viajar depressa, pode dar saltos longos e baixos, em geral os seus membros voltam a entrar na água sem chapão e graciosamente, mas dão por vezes pancadas ventrais ou laterais se farejam perigo.

- O corpo sai da água saltando em ângulos agudos.

Distribuição: Amplamente distribuído, surge no Pacífico Norte ocidental , de Kamcharka , ao Japão e no Pacífico Norte oriental , da Colômbia Britânica , Canadá , ao norte da Baixa Califórnia , México. Também pode surgir na parte norte do mar do Japão. Às vezes aventura-se mais para  Sul quando as temperaturas da superfície baixam intempestivamente.

Alimentação: Cefalópodes, peixes.

Pagina Anterior