Baleia-Piloto


Baleia-Piloto ou Baleote

Nome Cientifico: Globicephala melas
Globicephala:
Cabeça em forma de globo.
melas: Preto

Características: O Baleote é um golfinho característico, é um dos maiores membros da família dos golfinho e daí o nome comum de Baleia-Piloto. Possui um característico melão bulboso que varia dependendo da idade e do sexo, o corpo é essencialmente preto apresentando manchas cinzentas atrás da barbatana dorsal e no lado ventral qu apresenta a diagnosticante forma em âncora.

É virtualmente impossivel de distinguir do seu parente mais proximo o Baleote de Sieldold, no entanto pequenas diferenças subtis principalmente no comprimento das barbatanas peitorais, o Caldeirão prefere águas mais frias que o seu parente. Também pode ser confundido com a fêmea de orca mas as manchas cinzentas atrás das barbatanas dorsais são diferentes e a barbatana dorsal das orcas é mais estreita na base.

-Acrobacias Mais comum nos mais jovens que efectuam saltos fora de água, mas os adultos ainda emergem grande parte do corpo fora de água, rarament salta, acompanham à proa.
-Cor preto-tinta ou cizento escuro.
-Tamanho Dos maiores golfinhos, F:3.8-5.7m ; M:4-7.6m.
-Barbatana dorsal situada na frente do corpo a base é larga e inclinada para trás.
-Bico Ausente, testa arredondada, bolbosa.
-Peso cerca de F:2-2.51 e M:+ de 3 toneladas.
-Grupos são muito sociaveis, com associações pelo lado materno (10-30) raramente reúnen-se em várias centenas, frequentemente na companhia de roazes.
-Sopro Em boas condições atinge mais de 1m de altura e pode ser ouvido.Variação: Os machos têm mais de 1m de comprimento que as fêmeas, a barabatana dorsal nos machos é concava enrolando-se para trás enquanto que a das fêmeas é mais triangular e mais parecida com a dos outros golfinhos. O melão é mais desenvolvido nos machos especialmente nos mais velhos.

Dentição: 16-24

Comportamento: Grupos podem chegar às centenas mas normalmente possuem menos de 50 indivíduos, normalmente as fêmeas estão em maioridade e a estrutura é estável, grupos inteiros vistos em imobilidade, deixando que embarcações se aproximem.

Comum dar batimentos caudais e a espiar. Os jovens efectuam saltos quase verticais e aterram normalmentecom o flanco.

Alimentação: Espacialmente à noite, os mergulhos costumam durar 10 minutos e um maximo em volta dos 16minutos, a maioria atinge os 30-60m e um maximo de 600m. A dieta é constituida geralmente por lulas e peixe.Reprodução: stitui A maturidade sexual por volta dos 8 anos nas fêmeas e aos 13 anos nos machos, o periodo de gestação é de 15 meses, as fêmeas têm crias cada 3-6 anos, época de reprodução é durante Abril-Setembro no Atlântico Norte e Outubro-Abril no Hemisfério Sul. As crias nascem com 1.8-19m de comprimento e 70-80Kg A amamentação dura 20-27 meses e permanecem com a progenitora durante 18-44 meses podendo subrepor-se á gravidês seguinte. Fêmeas mais velhas podem cuidar de crias de fêmeas mais jovens uma vez que atingem a menopausa por volta dos 40-55 anos. Esperança média de vida ultrapassa os 60 anos.Distribuição: São reconhecidas 2 populações distintas, uma no Hemisfério Sul (Globicephala melas edwardii) associada às correntes de Humboldt, Malvinas e Benguela, apresentando distribuição circumpolar e outra no Atlântico Norte (Globicephala melas melas) desde as Carolina do Norte e Açores até a Gronelândia. Prefere águas profunds e chega a a aproximar-se do mar gelado podendo alcançar a latitude 68º mas normamente não ultrapassa 60º.

Pagina Anterior